Never Let Me Go (2010)

No Brasil: Não Me Abandone Jamais

Fui ao cinema com uma amiga hoje e estava super afim de assistir esse filme. Vi o trailer há algum tempo, mas lembro que tinha me interessado. Os atores são muito bons, Carey Mulligan estava maravilhosa. Mas eu entro na sala esperando uma história de amor, e eis o que eu encontro:

ALERTA DE SPOILER! SE NÃO QUISER SABER O QUE ACONTECE NO FILME, SUGIRO QUE PARE DE LER AGORA! =]

Três crianças crescem juntas em internato. Eu pensei: os pais os mandaram para lá, claro. Mas vão acontecendo algumas coisas que fazem você ser perguntar o que eles estão fazendo ali na verdade. E então, em algum ponto que eu não me lembro qual, descobri o propósito do tal internato: criar pessoas para serem doadoras de órgãos. A criança cresce, e, quando é necessário, ela começa a doar seus órgãos para outras pessoas, até morrer. São 3 ou 4 doações, e na última os órgãos vitais são retirados e a pessoa morre. Simples assim. Eles sabem que este é o objetivo de suas vidas e não lutam contra isso.

A história de amor está lá, claro, com um triângulo amoroso formado por Keira Knightley, Carey Mulligan e o Eduardo do filme do Facebook (Andrew Garfield). Keira fica com ciúmes dos outros dois, que já se gostam quando crianças, e dá um jeitinho de ficar com o cara pra ela. Quando ela está para morrer (antes da 3ª doação), pede desculpas para eles, que finalmente ficam juntos por um curto período, uma vez que ele também vai pra 3ª doação e acaba morrendo. E essa é a história do filme.

No final, Carey faz uma reflexão acerca da vida, que eu acho que foi a única parte aproveitável de tudo. Ela diz que não importa como você morre, no final, você sempre vai achar que não teve tempo suficiente. E imagino que isso seja verdade, como disse Chris, não acho que ninguém chega em seu momento final pensando: é isso aí, acho que a vida já deu tudo que tinha dar. Difícil.

Enfim, fiquei MUITO decepcionada com a história em geral, além de o filme ser paradão também. A Chris gostou, mas eu continuo não recomendando. Essa é a primeira crítica negativa que escrevo aqui (que eu me recorde), mas se você tem uma opinião contrária, por favor, manifeste-se!

Fala se o trailer não é bom? Talvez se o foco tivesse sido no romance eu tivesse gostado mais… quem sabe?!

Advertisements
Esta entrada foi publicada em cinema com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a Never Let Me Go (2010)

  1. Nossa nao to acreditando que fiquei vendo esse filme de madrugada, perdi minha noite.

    Que historia idiota de gente que nasce pra doar orgao, coisa de maluco alguem botar isso no cinema.

    Eu encontrei seu site procurando gente falando sobre o filme pra entender se realmente o filme era aquilo de tao absurdo que era, mas me parece que o que o mesmo que eu entendi voces entenderam.

    E isso ai. Meu site nao fala sobre filmes mas acho que vou dar uma detonada nesse filme tambem. Bem, botei o nome do meu site como meu nome para voces e quem chegar aqui virem mais uma critica alem da sua que vou botar la em breve.

  2. Leonardo diz:

    Se puderem leiam o Mito de Sísifo de Camus….o absurdo da vida pode ganhar sentido quando se abraça a vida como ela é…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s