Vamos às Compras!

Se você entrou aqui pensando que era um post sobre compras, está parcialmente correto. O post é, na verdade, sobre o livro de Paco Underhill, que se chama Vamos às Compras! Se você estuda Publicidade, Marketing ou qualquer outro curso da área de Comunicação, não pode deixar de ler! Foi leitura obrigatória para a matéria de Comportamento de Compra e Consumo, mas é muito interessante e com certeza pode ser aplicado em várias situações.

Como por exemplo, você sabia que apenas removendo os anúncios de cerveja com mulheres de um corredor de bebidas no supermercado é possível aumentar a venda do produto entre as mulheres? Ou que a posição de um produto na prateleira pode influenciar ou não a sua compra? Esse eu explico: pense em um velhinho em uma farmácia. Ele entrou lá para comprar aspirinas, mas elas se encontram na prateleira mais baixa. Você acha que a) ele se abaixa para pegar, ou b) ele vai a outra farmácia? Se respondeu b acertou. Os velhinhos não se abaixam para pegar o produto, eles saem da loja e procuram em outro lugar.

Agora pense em crianças no supermercado. Qual a probabilidade de os pais comprarem todos os doces que elas querem voluntariamente? Bem poucas, e se o produto estiver em uma prateleira alta, a criança também não pode pegar e as vezes nem ver. Mas coloque todas as guloseimas nas prateleiras de baixo e você verá crianças pegando os produtos e colocando-os no carrinho, e perceberá que os pais podem até não comprar tudo, mas com certeza levarão alguma coisa para casa. É frequente também mudar a posição dos produtos no corredor, para que o consumidor tenha que procurar por ele e acabe vendo outros produtos que não teria visto se estivesse olhando para o mesmo lugar.

Outra coisa interessante são as cestinhas. Sabe essas lojas de bijuterias, ou até farmácias, em que existem moças entregando cestinhas aos clientes? É fato que, se você tiver uma cesta na mão, está propenso a comprar mais do que se estivesse sem, pois não cabem muitos produtos na sua mão, certo? Aquele corredor de doces, salgadinhos, balas e chicletes que você tem que passar no supermercado para pagar também está estrategicamente. Pode até ser que você não queira ou não precise de nada que está lá. Mas, se estiver sem fazer nada, com certeza acaba levando uma coisa ou outra.

Propagandas colocadas em lugares onde as pessoas geralmente ficam esperando sem fazer nada também são muito efetivas. Bem como promoções que te fazem entrar em uma loja que normalmente não entraria, ou aquela fatura da C&A que você tem que pagar na loja. Porque você tem que entrar e passar por todos os produtos para chegar no caixa, e é a lei que você vai encontrar algo que achou bonito. Eu sei, desde que fiz meu cartão C&A, há mais ou menos 2 anos, todo mês pago uma fatura lá!

Quer saber mais? Leia o livro! É uma leitura leve, interessante e dinâmica. O autor utiliza vários estudos de caso para explicar o comportamento de consumo das pessoas, e acredite, você vai gostar.

Já leu? Tem uma opinião? Compartilhe!!

Esta entrada foi publicada em livros com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s