Leap Year (2010)

No Brasil: Casa Comigo?

Esse é um daqueles filmes que faz você ter certeza da sua crença de que o motivo de estar solteira é porque foi totalmente estragada por ter ouvido muitos contos de fadas e por ter acreditado em príncipes encantados. E ae você cresceu um pouquinho e começou a assistir comédias românticas hollywoodianas, e continuou a acreditar que um dia você iria conhecer o tal amor da sua vida que ia dizer que te ama e o mundo todo ia ser perfeito.

É, não é assim tão fácil. Não é sempre que aparece um irlandês maravilhoso no seu caminho, que te irrita primeiro e depois te pede em casamento. Mas essa é a história do filme. Anna, de Boston, resolve ir a Irlanda propor casamento ao seu namorado de 4 anos. Aparentemente, existe na Irlanda a tradição de que, no dia 29 de fevereiro, as mulheres podem pedir os homens em casamento, e é isso que ela resolve fazer. Pega sua mala Louis Vitton, seus sapatos e, aparentemente, cinco casacos iguais, e vai pra Irlanda. Mas não é assim tão fácil chegar em Dublin. Uma tempestade impede que seu avião chegue na tal cidade, fazendo com que ela desembarque no País de Gales, dando início à sua jornada cheia de chuva, granizo, lama e cocô de vaca para chegar ao seu namorado no dia certo.

É um filme leve e divertido, mas que não deve ser levado muito a sério. A crítica do The New York Times foi cruel, mas não deixa de ser verdadeira. O autor da crítica diz que “o que torna Casa Comigo? tão unicamente sem espírito é precisamente ser ruim sem qualquer distinção – tão tolo, sem charme e sem imaginação que pode ser descrito como um filme apenas no sentido literal da palavra.”

Eu sou da opinião de que nem todos os filmes precisam ser merecedores do Oscar, apenas devem cumprir o seu papel de entreter sua audiência e tirar nossas mentes do cotidiano, colocando-as na Irlanda, com um bonitão rústico e uma ruiva desastrada.

Ah, só um adendo… Amy Adams está ótima no filme! Mas sua personagem parece ter achado uma boa idéia levar roupas sociais para viajar no meio do mato, pois olha como ela se veste praticamente o filme todo:

Não me leve a mal, AMEI todas as roupas, mas não são compatíveis com o quanto ela anda no asfalto com saltos! E o sobretudo bege na mão dela? Ela toma chuva, rola na lama e o casaco está sempre igual. Limpo. Incrível, não?!

Assistam e tirem suas conclusões! Pra mim, valeu a pena. E eu já vi duas vezes… =] a trilha sonora também é muito boa, mas ainda não consegui baixar, então outro dia eu posto ela aqui, ok?!

O download do filme em torrent pode ser feito aqui, com ótima qualidade. Não sabe fazer isso? Tudo bem, aprenda aqui e divirta-se!

Advertisements
Esta entrada foi publicada em cinema com as etiquetas , , . ligação permanente.

3 respostas a Leap Year (2010)

  1. Taísa diz:

    Então, irmãzinha, vc pode até não encontrar um irlandês bonitão em uma viagem exótica depois de ter atravessado um mar inteiro, parado no lugar errado e caminhado não sei quantos quilômetros com Christian Louboutins, mas vc com toda a certeza pode encontrar um paulitano bonitão em uma viagem comum de volta pra casa que vai parar pra ajudar vc a subir suas malas na escada do trem. É a mesma coisa, se vc parar pra pensar, caras fofos e bonitões existem em qualquer continente ;P

  2. kamila diz:

    Hahahaha!!! Me mostra, Taísa!!

  3. Carina diz:

    Quero veeer, marca aí! hauhauhau

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s